Luis Costa Vereador - Primavera do Leste / MT

Procuradoria Regional Eleitoral considera parecer contrário à cassação do vereador Luis Costa em Primavera do Leste

Procuradoria Regional Eleitoral considera parecer contrário à cassação do vereador Luis Costa em Primavera do Leste

Da Redação

O Procurador Regional Eleitoral, Erich Raphael Masson, concedeu parecer contrário à cassação do vereador Luis Costa (PDT), diferente do parecer da Justiça Eleitoral de Primavera do Leste, em que, a Juíza Dra. Lidiane de Almeida Anastácio Pampado e o Promotor de Justiça, Dr. Carlos Eduardo Pacianotto, julgou procedente a ação de impugnação do mandato eletivo ajuizado pelo vereador Elton Baraldi –MDB – (Nhonho).

No parecer o procurador descreve que tal conduta não demonstrou gravidade ao ponto de induzir o eleitor a erro e se desconstituir o mandato de quem fora eleito pelo povo. Em suma, o que se verifica é o exercício da liberdade de expressão pelo candidato, algumas vezes de forma irregular e prontamente excluídas pela Justiça, sem que se configure fraude a ponto de influir na regularidade do pleito eleitoral.

O vereador Nhonho entrou com um processo na justiça solicitando a cassação do legislador Luis Costa, argumentando que durante a campanha eleitoral, Luis Costa fez uso de forma contínua das redes sociais em suas diversas plataformas.

“A justiça está sendo feita, pois enquanto o vereador Nhonho é absolvido na Câmara de vereadores em um processo fajuto que foi acatado pela justiça de Primavera do Leste, eu tenho acreditado na justiça que luta pela verdade. Agora com esse parecer favorável à justiça começa a ser feita e vamos conseguir reverter isso por completo e continuar trabalhando pelo nosso povo”. Afirma Luis Costa.

O advogado Dr. Daniel Ramalho, afirma que o processo foi feito em forma de perseguição politica e que de forma muito estranha a justiça em Primavera do Leste acata e defere um pedido de cassação do mantado de um parlamentar legitimamente eleito pelo povo.

Deixe uma resposta

− 5 = 2