Luis Costa Vereador - Primavera do Leste / MT

Vereador Luis Costa tem suas redes sociais canceladas por ato de perseguição política

Vereador Luis Costa tem suas redes sociais canceladas por ato de perseguição política

Da Redação

Mais uma vez o vereador Luis Costa (PDT) vem passando por uma situação difícil, pois teve suas redes sociais canceladas por determinação da justiça, sendo esta, mais uma ação que configura perseguição política.

Desde a legislatura passada, o vereador é considerado o político em Primavera do Leste que mais utiliza suas redes sociais para dar publicidade ao seu mandato. Sempre prestando contas do seu trabalho a população com fotos, vídeos, lives e textos. Luis Costa é um vereador que tem mostrado que trabalha em prol do povo, e que não é situação e nem oposição, mas que luta por políticas públicas eficientes. Recentemente por meio de um processo, a justiça solicitou o cancelamento temporário de suas redes sociais, chegando a comparar com o presidente Jair Bolsonaro, que tem suas redes sociais como uma das maiores plataformas de divulgação de seu trabalho.

“É um privilégio ser comparado com o presidente Jair Bolsonaro, ou até mesmos outros políticos como Barack Obama, pois não estou fazendo nada que seja errado ou ilegal, apenas estou dando publicidade ao meu trabalho, porém o que eu faço incomoda muita gente, porque eu ouço o povo e estou do lado do povo. Passei por uma separação, e até minha ex-mulher se uniu com os meus inimigos políticos para tentar me derrubar, mas eu sei que a justiça será feita”. Afirma Luis Costa.

O advogado, Dr. Daniel Ramalho, recorreu ao processo e externou que a decisão causou estranheza pois é um dos primeiros políticos em Mato Grosso que passa por uma situação dessa.

“É um ato desesperador dos inimigos políticos em tentar calar o vereador. Eles apelam para todas as armas possíveis e inimagináveis, a ex esposa do vereador Luis Costa encontra-se a quilômetros de distância, logo não pode sofrer qualquer tipo de violência, se porventura o vereador tivesse extrapolado os limites em alguma publicação, bastava uma decisão determinando a exclusão do vídeo publicado pelo parlamentar, por tanto, definitivamente o que desejam não é a proteção da suposta vítima ex mulher do vereador, e sim, um ataque pessoal, com finalidade em atacar e calar o parlamentar Luis Costa”. Explica o advogado.

 

Deixe uma resposta

+ 88 = 94